O que não fazer em Londres

Como estou postando vários roteiros legais do que fazer em Londres, resolvi também fazer um post do que NÃO fazer aqui.

1. Ficar parado do lado esquerdo na escada rolante

stand on the rightIsso pode parecer uma coisa tão simples, mas pode deixar até um dos londrinos mais calmo irritado. Como todo mundo que mora aqui parece estar sempre com pressa, o lado esquerdo das escadas rolantes é deixado sempre livre e o lado direito poderá ficar de pé parado. Então se estiver só passeando, deixa a escada rolante fazer o seu trabalho e te carregar até o topo.

2. Não olhar para os dois lados antes de atravessar a rua

Eu sei que seus pais te ensinaram que era preciso olhar para os dois lados antes de atravessar, mas não se esqueça que aqui a direção é ao contrário e é bem fácil se confundir. Para não ter nem um problema e sofrer um acidente no seu passeio a Londres, olhe sempre para os dois lados da rua, tipo umas duas vezes.

3. Não falar “Thanks”, “Sorry”, “Excuse me”

thank youOs ingleses são bem educados e usam uma dessas três palavras em quase todas as frases. Falou ou fez algo que não devia, esbarrou em alguém,  fale “sorry”, mesmo que não seja sua culpa. Sério, aqui eles se desculpam por tudo. Recebeu um troco, uma informação, qualquer coisa, fale “thanks”. Quer interromper uma conversa, pedir uma informação, abrir caminho, fale “excuse me”.

Use essas três palavras a todo o momento e você se dar bem em Londres.

4. Cumprimentar com um beijo no rosto

Eu cumprimento os meus amigos com dois beijos no rosto, mas não vai tentar fazer isso com quem você acabou de conhecer ou qualquer pessoa que não seja o seu amigo. Com certeza irá passar por um momento bem embaraçador. Para não ter erro ofereça sempre um aperto de mão ou deixe a outra pessoa tomar a iniciativa.

5. Ir ao Madame Tussauds

Fila para entrar no Madame Tussauds
Fila para entrar no Madame Tussauds

Eu sei que muitos vão discordar comigo, mas eu não tenho nada contra em visitar um museu de cera, mas sim em Londres. Já visitei esse museu em Hollywood, o que acho que faz mais sentido. Além de que existem museus de cera na maioria dos países, e não acho que há necessidade de fazer uma viagem até aqui para visitar essa atração.

Londres é uma cidade com muita cultura e uma quantidade enorme de museus com entrada franca. Além de que o Madame Tussauds é uma das atrações mais caras de Londres e especificamente nessa cidade pagará um valor mais alto do que qualquer outro local, sem contar as filas gigantesca para entrar.

6. Dirigir em Londres

dirigir em londresEssa é a maior perda de dinheiro e tempo que poderá fazer em Londres, além de que estacionar seu carro será quase impossível. Só para ter uma ideia, existe uma taxa alta somente para trafegar pelo centro da cidade de carro, estacionamento na rua é caro e escasso, além do trafego ser terrível.

Leia também  Viajando pela Europa: o que precisa saber

Um conselho, use transporte público. O sistema de trem cobre a cidade toda e é a forma mais rápida e eficiente de se locomover em Londres. Além disso os táxis são muito bons também e não são muito caros, especialmente se usar um aplicativo de táxi chamado Uber.

7. Tentar pagar o ônibus com dinheiro

Claro que você vai querer entrar em um famoso ônibus vermelho de dois andares quando estiver aqui, mas não se esqueça que não poderá pagar com dinheiro. Até cartões de bancos com o sistema “contactless” são aceitos, mas não suas moedinhas. “Contactless” é um sistema muito usado em Londres, onde não há necessidade de se colocar a senha do cartão, precisará só encostar o cartão na maquininha.

8. Não comprar um Oyster Card

oyster cardSe você não tiver essa tecnologia de cartões de bancos ou crédito “contactless”, um dos piores erros que vai cometer com seu dinheiro é tentar comprar bilhetes individuais para pagar a sua jornada no transporte público. Os bilhetes comprados por jornada custam o triplo de que se tivesse um Oyster Card.

Se você não vai fazer mais do que duas viagens por dia em um transporte público fora de horário de pico ou irá ficar em Londres por menos de 7 dias compre um Oyster Card e coloque dinheiro nele e vá pagando por suas viagens conforme vai usando. O Oyster Card custa 5 libras, que são reembolsáveis, como qualquer dinheiro que não for usado. Se preferir poderá comprar um Travel Card de papel ou pelo seu Oyster Card. Esse te dá direito a viagens ilimitadas por 7 dias em qualquer transporte público, e custa por volta de 32 libras para zona 1-2 de metro e poderá ser comprado em qualquer estação e em algumas lojinhas de esquina que tenha o símbolo do cartão na porta.

Achou um pouco complicado esse negócio do transporte público? Se comprar um Oyster Card sempre estará fazendo um bom negócio. Para mais informações visite o site do transporte público de Londres.

9. Cortar fila

Nem pense nisso. Os ingleses respeitam muito uma fila, e você não vai querer causar problemas com eles tentando cortar uma.

10. Tentar entrar no trem antes que outros passageiros saiam

metrô lotado em LondresSei que as vezes o metrô fica muito cheio e quer entrar no trem de qualquer forma e, se tiver sorte, tentar achar um lugar para sentar. Não importa a razão, espere os passageiros de dentro saírem primeiro. Se tentar entrar direto provavelmente levará um empurrão. Tendo um pouquinho de paciência tudo fluirá bem e poderá entrar no trem sem stress.

Seguindo essas dicas você terá uma ótima viagem em Londres e com certeza não terá nenhum problema com os Londrinos 🙂

7 comentários em “O que não fazer em Londres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *