10 países mais baratos para viajar

Com o dólar nas alturas, talvez esteja pensando que seria impossível viajar esse ano. Mas para a sua sorte ainda existem vários países que ainda continuam bem baratos. Veja abaixo algum deles:

1.Camboja

Angkor Wat
Angkor Wat

Primeiramente a viagem já vale a pena somente pelo magnífico Angkor Wat (foto), a maior construção religiosa do mundo com mais de 1 mil anos. Este lugar tem que estar na sua lista do que fazer antes de morrer.

Além disso, há trilhas e praias deslumbrantes no país. E para melhorar ainda mais é muito barato. Uma refeição em um restaurante dificilmente vai ser mais do que 5 dólares e a cerveja custa somente 25 centavos (dólar).

2. Tailândia

Templo Budista em Chiang Mai
Templo Budista em Chiang Mai

Já que você voou até o sudeste asiático para visitar a Camboja, não pode ficar só por ali. Precisa conhecer os países vizinhos e com certeza a Tailândia é o mais famoso deles.

Visitei a Tailândia em 2009 e os preços ainda continuam exatamente os mesmos. Na pousada Coral Bungalows em Koh Phanghan, um quarto para 3 pessoas ainda custa 9 dólares, o que fica 3 dólares por pessoa. Ainda a pousada tem uma piscina e é de frente para o mar. Nunca fiquei tão bem hospedada fazendo um mochilão.

Além disso, poderá conhecer as praias onde forem filmados alguns filmes famosos como “A Praia” e “007”, andar de elefante, acariciar tigres, visitar templos e ir a uma das festas mais famosas do mundo, a “Full Moon Party”. Acho que já deu para convencer.

3. Vietnã

Ha Long Bay
Ha Long Bay

Esse é um país com muita cultura, praias, lugares históricos e bem animados. Além da comida típica, Pho (talharim), ser deliciosa e custar somente 2 dólares.

Não deixe de visitar Ha Long Bay (foto), Mekong Delta, Hue, Parque Nacional Phong Nha-Ke Bang, praticamente o país todo vale a pena conhecer. E com preços tão baixos, isso será possível.

* Países vizinhos como Laos, Nepal, Índia, Bangladesh, Sri Lanka e Mianmar são também muitos baratos e encantadores.

4. República Checa

Praga
Praga

Quem disse que não dava para visitar a Europa por pouco? Muitos países no centro e leste europeu são bem mais baratos do que você imagina.

Praga, na República Checa, é uma cidade deslumbrante, cheia de cultura, monumentos históricos e o local do maior castelo em uso do mundo. Além disso uma cerveja custa somente 1.50 dólares e jantares por volta de 10-12 dólares. Comparado ao resto da Europa isso é uma barganha.

5. Bulgária (ou qualquer lugar no leste Europeu)

Parque Nacional de Rila
Parque Nacional de Rila

Se você quer visitar a Europa, mas o seu orçamento está mais para os preços do sudeste asiático, o leste europeu é uma boa opção.

Bulgária é um país que tem tudo o que você precisa em um lugar só. De praias deslumbrantes até estações de esqui, de uma cidade agitada (Sofia) até parques nacionais de tirar o fôlego, além de vários castelos e monumentos históricos.

Para melhorar ainda mais a viagem, tudo é muito barato. Um litro de cerveja custa apenas 1.5 dólares, refeições apenas 5 dólares e no Airbnb você pode alugar um apartamento inteiro por 20 dólares à noite. Acho que ficou fácil a escolha do próximo país europeu a conhecer.

6. Bolívia

Salar de Uyuni
Salar de Uyuni

Um dos destinos mais baratos na América do Sul e com um grande número de atrações. Mas espero que você não tenha medo de altura, pois a Bolívia é um país com muitas montanhas e onde se localiza a capital com maior altitude do mundo.

Não deixe de conhecer o lago Titicaca (o lago mais alto do mundo), Salar de Uyuni (a maior salina do mundo) e se aventurar de bicicleta nas ruas mais perigosas do mundo. Parece-me que a Bolívia tem tudo de maior e mais alto do mundo.

O melhor é que tudo isso vem com um preço amigável para mochileiros. Acomodações básicas vão entre 5 a 15 dólares por noite e refeições de comida boliviana por volta de 3 dólares.

7. Nicarágua

Vulcões na Nicarágua
Vulcões na Nicarágua

Se você achava que mergulhar nas águas do Caribe seria só um sonho, esse sonho pode se tornar realidade. Enquanto a maioria das ilhas caribenhas são extremamente turísticas e com preços altíssimos, alguns países da América Central ainda continuam baratos. Os preços na Costa Rica já aumentaram um pouco, mas Nicarágua e Guatemala, que são muito próximos, ainda continuam bem atrativos para mochileiros.

Leia também  Como bancar uma viagem de 4 meses pela Austrália

Na Nicarágua terá a oportunidade de visitar vulcões, praias com águas cristalinas, fazer trilhas nas florestas e entre as montanhas e ainda aprender a surfar. Poderá encontrar acomodações básicas por volta de 5 a 15 dólares por noite, dependendo da cidade que visitar. Visite logo, antes que os preços aumentem.

8. Egito

Pirâmides de Giza
Pirâmides de Giza

Esse destino pode ser muito caro ou bem barato, isso só vai depender do seu estilo de viagem. Lugares como Sharm El Sheikh, na costa do país, estão cheios de resorts com preços altíssimos. Até mesmo lugares turísticos no Cairo teram preços para turistas.

Quando estava no Cairo me levaram em a restaurante para turistas, com comidas continentais. Um prato nesse restaurante custava em torno de 10 dólares. Pedi então para ir a um lugar autêntico egípcio e paguei somente 1 dólar pela refeição e pude experimentar comidas típicas. Se visitar lugares onde pessoas locais frequentam, será bem mais barato.

O que não é barato são bebidas alcoólicas, um coquetel em um bar pode custar entre 10 a 15 dólares. Isso porque a maioria da população é muçulmana e bebidas alcoólicas são proibidas nessa religião. Mas também pode se divertir como o pessoal local e tomar chá e fumar narguilé na maioria dos cafés.

Se preferir ir com um grupo turístico, é sempre bom dar uma pesquisada boa na internet. Em 2009, paguei 450 dólares por 10 dias de tour no Egito com acomodação, cruzeiro no Nilo, todos os tours e muitas das refeições inclusas. Eu usei a empresa Delta Tours Egypt, mas os tours são todos em inglês.

9. Fiji

Praia em Fiji
Praia em Fiji

Essas ilhas são um pouco longe de chegar até lá, mas com certeza é um das ilhas paradisíacas mais baratas no Oceano Pacífico. Para mim, Fiji é um dos lugares mais lindos que eu já visitei. Praias de águas cristalinas, montanhas, um povo maravilhoso e um dos poucos lugares do mundo onde humanos vivem em harmonia com a natureza.

Eu fiquei um total de 10 dias em Fiji e 7 desses foram nas ilhas de Yawaka e Mamanuca.  Eu comprei um tour pela Awesome Adventures que na época custou 350 dólares com 7 dias de acomodação e refeições inclusas. Uma dica faça a reserva quando chegar em Nadi, pois tudo é mais barato quando estiver no país.

10. Portugal

Cidade de Cascais, Portugal
Cidade de Cascais, Portugal

Portugal não é tão barato quanto os outros países que citei acima, mas com certeza é o país mais barato do oeste europeu e o melhor ainda é que a língua oficial é português. Então não terá problemas se não falar outras línguas.

Além de ter praias maravilhosas e muitos pontos turísticos históricos para visitar, a comida e o vinho são deliciosos. Se você gosta de frutos do mar como eu, passará muito bem. Na cidade de Porto comi um peixe fresquinho que tinha sido pescado naquela tarde, com acompanhamentos e muito vinho, e tudo isso saiu por 15 euros.  Em Londres só conseguiria comprar um sanduíche e uma cerveja por esse preço.

O que está esperando? Comece a planejar a sua viagem agora. Se precisar de algumas dicas de como economizar para viajar é só clicar aqui.

 

 

7 comentários em “10 países mais baratos para viajar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *