10 dicas de viagem em Roma

Roma é uma cidade maravilhosa e cheia de história para contar, além de milhares de igrejas espalhadas por toda a cidade e comidas deliciosas.

Antes de viajar para esse lugar é bom saber algumas dicas que irá te ajudar na sua viagem

1. Prepare-se para caminhar muito

Acredito que Roma até agora foi a cidade que conheci com mais pontos turísticos e lugares para se visitar. Geralmente a maioria dos turistas ficam nessa cidade de 3 a 4 dias e querem ver tudo o que a cidade tem a oferecer, como eu. É possível visitar a maioria dos locais em pouco tempo, mas também quer dizer que irá andar muito, pois a maneira mais fácil de conhecer a cidade é a pé.

Spanish Steps
Spanish Steps

2. Se perca

A melhor forma de conhecer Roma é andar sem rumo. Cada esquina que virar irá descobrir casas e prédios com arquiteturas incríveis, restaurantes bem aconchegantes e com comidas maravilhosas e na maioria das vezes vai achar uma igrejinha.

Deixe seu intuito te guiar em Roma e vai conhecer muitos lugares únicos.

3. Visite uma trattoria

RomaEm Roma há três níveis de restaurantes. Osteria é um restaurante mais simples, preços mais baixos e menos opções no menu. Trattoria é o meu favorito, são restaurantes gerenciadas pela própria família, as massas são bem frescas e o lugar é mais tradicional. Ristorantes são lugares mais sofisticados e preços mais altos.

Recomendo a trattoria, pois acho que irá se sentir em um ambiente mais original italiano. As mesas são postas com toalhas xadrez, as massas são bem frescas (não que nos outros restaurantes não sejam), e o ambiente é mais descontraído.

4. A massa é melhor na Itália

Massa é meu tipo de comida favorita, e por conta disso já visitei muitos restaurantes italianos em várias cidades do mundo, mas nada se compara a uma massa feita em uma trattoria em Roma. Eu ainda não consegui entender o porque é melhor, mas é. Eu recomendo experimentar todos os tipos de massa quando estiver em Roma, mas o meu favorito é o spaghetti carbonara.

5. Experimente pizza por kilo

pizza pr kiloAlém das pizzarias, que oferecem uma experiência tipo restaurante, em Roma também há lugares que vendem pizza por peso. São tipo lanchonetes que servem comida rápida, mas somente pizza por pedaço. Você pede quais sabores se quiser e eles pesam e você paga por peso, que geralmente é bem barato. Uma ótima opção para uma comida rápida.

6. Visite o subterrâneo do Coliseu

Para mim esse foi o melhor passeio que fiz em Roma, e esse tour fez a visita dez vezes melhor.

Não é muita gente que sabe sobre o tour para visitação do subterrâneo do Coliseu e do terceiro andar. O subterrâneo é onde os shows eram preparados para serem apresentados no Coliseu. Havia elevadores manuais que levavam os gladiadores e animais até a arena, o que fazia o espetáculo mais animado. O terceiro andar é o ponto mais alto do Coliseu e onde poderá ter uma vista total do lugar. Além disso, também terá explicações bem detalhadas e aprenderá várias curiosidades sobre esse teatro histórico.

Os tours guiados são oferecidos em italiano, inglês e espanhol e custam 11 euros mais a entrada para o Coliseu. Se não falar nenhuma dessas línguas poderá comprar somente o acesso por 2 euros. Como há poucos horários disponíveis sem guia, os ingressos são muitos disputados e é necessário comprar com meses de antecedência. O bom desses ingressos é que te dá acesso ao Coliseu na hora marcada sem pegar filas. Para mais informações acesse o site.

coliseu7. Há regras de roupas em algumas igrejas

Leia também  Aventuras pelas ilhas de Paraty

Algumas igrejas há restrição quanto a vestimenta. A única que vi que é bem rigorosa é o Vaticano e a Basílica de São Pedro. É um requerimento da igreja de usar roupas que cobrem joelho e ombros e sapatos fechados, tanto para homens como mulheres. Os guardas do Vaticano são bem rígidos e não deixam ninguém que não esteja vestido corretamente entrar. Então não perca a viagem e vista uma calça, blusa de manga, ou um lenço nos ombros.

8. Roma é bem quente

A melhor época para visitar Roma é na primavera e no outono. A cidade terá uma menor quantidade de turistas e a temperatura será mais agradável, por volta de 20 a 22 graus.

No verão poderá ficar um pouco grudento. Temperaturas ficam por volta dos 30 graus e as vezes um pouco mais. Mas mesmo que você esteja vindo de um país com temperaturas altas e esteja acostumado ao calor, é bom se manter hidratado. Por sorte toda a cidade possui fontes de água potável onde pode beber de graça, sem gastar muito dinheiro com garrafinhas de água.

9. Prepare-se antes de ir ao Vaticano

Basilica de São PedroO passeio à cidade do Vaticano é cansativo. Esta é uma cidade dentro de Roma. O lugar é enorme e só existe uma saída e uma entrada, o que faz do passeio um pouco inconveniente. Então se depois de algumas horas estiver cansado e desejar ir embora, não terá opção, pois a única saída é somente no final do museu.

Outra dificuldade que achei é a falta de lugares para descansar e também só achei uma lanchonete no complexo todo. Então se prepare para andar muito. Vista roupas confortáveis e não se esqueça do regulamento de vestimenta.

Quando visitei o Vaticano não tive problemas com filas e comprei o ingresso na bilheteria do local quando cheguei, mas já ouvi falar de pessoas que pegaram fila para entrar. Então é sempre melhor se prevenir.

Outra opção é ir com um guia turístico. Há muitos guias oferecendo esse serviço. O preço geralmente inclui a entrada ao Vaticano e o preço do guia. Eu fiz o passeio somente com o audio tour que adquiri na bilheteria do local, mas acredito que um tour guiado seja melhor. O museu do Vaticano é muito grande e há muitas coisas para se ver e um guia selecionaria somente as melhores, o que faria o passeio mais animado e menos cansativo.

10. Saia do centro histórico e conheça outros bairros

A cidade velha é onde está localizado a maioria dos pontos turísticos em Roma, mas também onde vai encontrar a maioria dos turistas, preços mais altos e restaurantes e cafés menos autênticos. Quando estava em Roma fiquei hospedada em um Airbnb (saiba mais sobre esse site aqui) em um bairro chamado Monti. Este bairro fica próximo a estação Termini. Não é muito distante do centro antigo, mas é um bairro bem artístico e alternativo. Tive sorte que quando estava acontecendo o festival de Monti, onde havia música ao vivo na rua, muita comida italiana e festa. Além disso, o bairro tem muitas trattorias com comidas deliciosas.

Espero que essas dicas ajudem em sua viagem a Roma. Se tiverem alguma dúvida é só deixar um comentário abaixo

Um comentário em “10 dicas de viagem em Roma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *